Licitação para o Transbrasil será dia 21 de janeiro

Orçado em R$ 1,5 bilhão, BRT que vai passar na Avenida Brasil deve ficar pronto em 30 meses

Por O Dia

O BRT Transbrasil passará ao longo da Avenida Brasil%2C de Deodoro ao Centro%2C e terá extensão de 32 kmCarlos Eduardo Cardoso / Agência O Dia

Rio - O prometido corredor de ônibus que vai passar pela Avenida Brasil parece que começa
finalmente a sair do papel. Se a prefeitura não mudar de planos, vai ocorrer no próximo dia 21 a licitação para escolher a empresa responsável pelas obras do trecho que vai do Caju a Deodoro do BRT Transbrasil. A concorrência pública ocorre com cerca de sete meses de atraso. O valor do investimento é de R$ 1,5 bilhão, sendo a maior parte financiada pela Caixa Econômica Federal.

O projeto de todo o corredor prevê a ligação de Deodoro ao Centro do Rio. A licitação para o segundo lote de obras ainda não tem data marcada.

Para chegar ao Centro, o Transbrasil vai passar pelas avenidas Presidente Vargas e Francisco Bicalho e terá 32 quilômetros. Ao longo do seu percurso, haverá três terminais, 28 estações e 16 passarelas. A previsão é de que o Transbrasil seja dos quatro corredores — Transoeste, Transcarioca e Transolímpica — o que terá maior demanda: 820 mil passageiros por dia. Na Avenida Brasil, 881 ônibus articulados e biarticulados vão circular em duas faixas, por sentido. As obras vão durar 30 meses.

O corredor começa ao lado da estação ferroviária de Deodoro. De lá, o trajeto será feito num viaduto de 500 metros até desembocar na pista central da Brasil. Ao chegar à Avenida Francisco Bicalho, o BRT passa por debaixo das linhas férrea e do metrô que ficam próximas à antiga Estação da Leopoldina, segue paralelo ao viaduto dos Marinheiros e entra na Presidente Vargas. Depois, o ônibus segue para o Aeroporto Santos Dumont.

O Transbrasil vai se conectar ao Transolímpico, em Deodoro, e ao Transcarioca, na altura da Ilha do Governador. Faz parte do projeto mais de 30 mil metros quadrados de pontes e viadutos.

Obra reduz tempo de viagem em 40%

Dos terminais que vão atender os passageiros do Transbrasil, dois — nos trevos das Margaridas e das Missões — vão conectar as rodovias federais BR-116 (Rio-São Paulo) e BR-040 (Rio-Juiz de Fora). Com o Transbrasil, estima-se que o tempo de chegada ao Centro seja reduzido em 40%. A prefeitura adiantou que não serão necessárias desapropriações. O corredor é o único dos quatro planejados para as Olimpíadas de 2016 que ainda não está em fase de execução ou operação.

O Transcarioca, que liga o Aeroporto Internacional à Barra, deve começar a funcionar no primeiro semestre de 2014. Este corredor, aliás, deve ganhar o nome de Avenida Juscelino Kubitschek. Apesar do projeto de lei ser do vereador Cesar Maia (DEM), o prefeito Eduardo Paes, na última sexta-feira, disse que tratava-se de uma boa ideia a sugestão do parlamentar da oposição.

Últimas de Rio De Janeiro