Acusado de matar família no Valqueire é preso em hospital no Centro

Homem deu entrada com nome falso em unidade de saúde

Por thiago.antunes

Homem está sob custódia em hospitalDivulgação

Rio - Policiais da 66ª DP (Piabetá) prenderam, no início da tarde desta sexta-feira, Bruno Guimarães dos Santos, 33 anos, em cumprimento de mandado de prisão expedido pela 2ª Vara Criminal da Comarca da capital.

Em 13 de abril do ano passado, Bruno matou Taylor Vinícius Pires da Siilva, 23 anos, Pablo Gama da Silva, 21 anos, Douglas Santos da Silva, 19 anos e Willians Souza Pereira, 48 anos. O grupo de Bruno ainda tentou matar Jonathas Júlio Gama da Silva, 19 anos, em uma agência de automóveis em Vila Valqueire, após discussão envolvendo a compra de um veículo.

Bruno foi identificado pelos policiais da 66ª DP na enfermaria do Hospital Municpal Souza Aguiar, no Centro, com o nome falso de Angelino Silvestre da Silva. Ele foi baleado em troca de tiros com policiais militares do 9º BPM (Rocha Miranda).

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia