Por camila.borges

Rio - Foi graças a denúncias de moradores que policiais militares prenderam em flagrante,  José Cardoso dos Santos Neto, o “Tatu”, furtando cabos de energia em caixa subterrânea da Light, na esquina das Ruas Clarice Índio do Brasil e João Paulo VI, no Flamengo, Zona Sul da cidade, e encaminhado para a 10ª DP (Botafogo), na tarde nesta sexta-feira.

O homem é um dos principais suspeitos de ações desse tipo ocorridas no Centro e na Zona Sul do Rio, que ocasionaram interrupções no fornecimento de energia como o caso de Ipanema, em janeiro deste ano. 

Esta é a quarta vez que José Cardoso é preso praticando o mesmo crime. Para não ser identificado, o "Tatu" fingia estar trabalhando ao colocar cones próximos as tampas de caixas subterrâneas da Light e se vestia como um operário da construção civil. Em seguida, entrava nas câmaras e cortava os cabos para furtá-los com a objetivo de extrair o cobre, produto comumente vendido e muito procurado em ferros-velhos.

Somente profissionais devidamente trajados com uniformes da Light ou a serviço da companhia estão autorizados a realizar serviços na rede elétrica.

Você pode gostar