Por thiago.antunes

Rio - Jonas de Souza, 36 anos, foi preso na noite desta terça-feira, após tentar roubar o celular de uma defensora pública do Núcleo de Atendimento aos Direitos Humanos, que ia ajudá-lo. Jonas pegou o celular Iphone da vítima, mas acabou sendo flagrado por outros assistidos, que aguardavam atendimento no local.

Ele escapou de ser linchado por seguranças do prédio. Na 5ª DP (Mem de Sá), onde o caso foi registrado, os agentes informaram que Jonas tem uma ficha criminal extensa e sua condicional será suspensa.

Você pode gostar