Por bianca.lobianco

Rio - A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos, continua, na manhã desta quarta-feira, a realizar trabalhos de conservação no Complexo da Maré, na Zona Norte, em apoio às ações de pacificação conduzidas pelo governo do estado. Um dos serviços reforçados é o atendimento ao sistema de iluminação pública das comunidades. Desde o início da operação no dia 31, as equipes da Rioluz já substituíram 500 metros de cabos de rede elétrica.

Principal reclamação dos moradores era a falta de coleta de lixo nas comunidadesFoto%3A Severino Silva / Agência O Dia

As equipes também já normalizaram, até o momento, 422 pontos de luz, além de executarem 222 serviços gerais, substituírem 33 luminárias e implantarem projetores. As comunidades continuam a ser atendidas com serviços de restabelecimento e reparos no sistema de iluminação pública. Só nos trabalhos realizados na manhã desta quarta, os funcionários cuidaram da normalização de 77 pontos de luz, da substituição de 35 metros de rede elétrica, da troca de luminárias e instalação de projetores, além de execução de 45 serviços gerais.

Comlurb já recolheu 567 toneladas de resíduos no conjunto de favelas

Nesta manhã, a Comlurb removeu 80 toneladas de resíduos, além de executar trabalhos de capina, roçada mecânica, limpeza de ralos e varrição. Desde o início da força-tarefa iniciada no último dia 30, os garis recolheram 567 toneladas de resíduos nas comunidades. As equipes realizam também manutenção geral em oito praças, com serviços de pintura de brinquedos e mobiliários e instalação de papeleiras.

A Coordenadoria Geral de Conservação faz serviços de recuperação de trechos da pavimentação asfáltica e atendimento ao sistema de drenagem. Entre os principais serviços executados nesta manhã estão limpeza manual e mecânica de galerias de águas pluviais, poços de visita, ramais e caixas de ralo, substituição de grelhas e tampões. As equipes da Coordenadoria de Operações Especiais realizam serviços de reparos de alambrado e de mureta em áreas públicas na Vila dos Pinheiros.

Principal reclamação dos moradores era a falta de coleta de lixo nas comunidadesFoto%3A Severino Silva / Agência O Dia

O mutirão de serviços será mantido por duas semanas no Complexo da Maré para normalizar o atendimento aos moradores da região. Após esse período, serviços regulares atenderão diariamente a nova área pacificada da cidade.

Você pode gostar