Por thiago.antunes

Rio - Policiais da 29ª DP (Madureira) realizam, nesta quinta-feira, às 9h, a reprodução simulada da morte da auxiliar de serviços gerais Claudia Silva Ferreira, baleada durante operação da PM no Morro da Congonha, em Madureira, Zona Norte do Rio. Na ocasião, Claudia teve o corpo arrastado pelos policiais na Avenida Ministro Edgar Romero após ser socorrida.

Claudia foi baleada e teve o corpo arrastado ao ser socorrida por PMsReprodução

O delegado Carlos Henrique Machado, titular da unidade, intimou os oito policiais militares do 9º BPM (Rocha Miranda) que, em depoimento, afirmaram ter participado da ação, em 16 de março, na comunidade. Também foram chamados familiares da vítima e testemunhas. Agentes da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) darão apoio à diligência.

A reprodução simulada é um instrumento da investigação que consiste em reunir no local do fato policiais que participaram da ação . Na presença da autoridade policial e de peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), a versão apresentada pelos policiais em depoimento será apurada.

Segundo o delegado, a reprodução simulada deve ser feita após a produção de todos os meios de prova, com o objetivo de dar prosseguimento às investigações e somar os elementos para a conclusão do inquérito.

Você pode gostar