Informe do DIA: Cenas da posse

Uma das que mais chamaram atenção envolveu a deputada Janira Rocha (Psol)

Por bianca.lobianco

Rio - A cerimônia de posse de Luiz Fernando Pezão como governador, ontem na Alerj, rendeu cenas inusitadas. Uma das que mais chamaram atenção envolveu a deputada Janira Rocha (Psol). Como sabem que ela é suspeita de ficar com parte da verba de seus assessores, alguns colegas a evitaram. O presidente Paulo Mello, no entanto, foi solidário.

O presidente do PMDB, Jorge Picciani, esteve na Casa pela primeira vez desde a posse da atual legislatura. Ele ficou ao lado do filho, Rafael Picciani, que retornou à Alerj.

Graça

Pezão se dirigiu aos deputados e citou as obras que fez nas cidades de alguns deles. Acabou tomando um pito discreto da parlamentar Graça Matos (PMDB) por não ter mencionado São Gonçalo.

Sala vazia

A Comissão Especial para Acompanhar o Cumprimento das Leis da Alerj e de Combate à Impunidade e à Violência havia marcado uma reunião ontem pela manhã, exatamente na hora da posse de Pezão. Resultado: ninguém compareceu, nem mesmo os próprios integrantes. Ainda assim, a marcação foi publicada no Diário Oficial.

Ciclovia

O vereador Bruno Lessa (PSDB) enviará à Prefeitura de Niterói requisição de informações sobre a construção de uma ciclovia na Rua Timbiras, em São Francisco. Estranhou o valor pago pela prefeitura — R$ 403.568,19 — à RM Serviços e Manutenções Prediais para construir uma ciclovia de apenas 1,1 quilômetro no local. 

Pescaria na Alerj

De volta à Alerj, o deputado Felipe Peixoto (PDT) pretende reativar a Comissão de Pesca da Casa. Segundo ele, há duas metas principais: combater a pesca predatória e criar um terminal pesqueiro em São Gonçalo.

Fernando Molica está de férias

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia