Polícia Civil prende integrante da quadrilha do traficante Menor P

Egnaldo Araújo Gomes era um dos responsáveis pela troca de frequência dos rádios dos traficantes através de softwares sofisticados

Por camila.borges

Rio - Responsável pela instalação da tecnologia que criptografava rádios para a quadrilha de Marcelo Santos das Dores, o Menor P, de 33 anos, o técnico em informática Egnaldo Araújo Gomes, 43 anos, foi preso por policiais da 10ª DP (Botafogo) em sua casa, na Ilha do Governador, na Zona Norte da cidade, nesta segunda-feira. Ele voltou ao local após ter passado um período escondido na residência de familiares, no Nordeste.

Dono de uma lan house na Favela Baixa da Sapateiro, no Complexo da Maré, em Bonsucesso, na Zona Norte, Egnaldo realizava o serviço no próprio estabelecimento. As investigações tiveram início em 2009, pela Delegacia de Combate às Drogas (Dcod). Na época, descobriu-se que os criminosos da facção Terceiro Comando Puro (TCP) pagavam até R$ 5 mil por radiotransmissores criptografados para se comunicarem sem serem alcançados pela comunicação da Polícia.

Polícia Civil prende integrante da quadrilha do traficante Menor PSeverino Silva / Agência O Dia

Os agentes da 10ª DP contaram que Egnaldo tinha um sócio, o também técnico em informática Danilo Avelino de Oliveira – que foi preso no dia 16 de julho do ano passado pela mesma equipe de policiais. As investigações mostraram que a dupla era responsável por fazer a troca de frequências nos rádios comunicadores, através de softwares sofisticados, para impedir a interceptação policial durante comunicação entre os traficantes.

O técnico em informática vai responder por associação para o tráfico na 25ª Vara Criminal. Ao todo, mais 15 pessoas, incluindo Menor P e Márcio José Sabino, o Matemático, morto aos 32 anos, em maio de 2011, são réus nesse processo.




Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia