Preso suspeito de estuprar enteada de 10 anos dentro de casa

Criança relatava os abusos em diário achado pela mãe

Por paloma.savedra

Rio - Um homem suspeito de estuprar sua enteada, de 10 anos, dentro de casa, foi preso por policiais da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Duque de Caxias, na manhã desta sexta-feira. O vigilante Artur Nóbrega de Araújo, 34, foi detido no bairro de Olavo Bilac, no município.

Segundo a polícia, o crime foi descoberto pela mãe da vítima, depois que ela encontrou o diário da criança, no qual ela descrevia os abusos que sofria. A menina escondia o caderno embaixo do colchão de sua cama.

As duas denunciaram o vigilante na Deam, que o localizou após diligências, já que ele havia saído de casa quando sua mulher descobriu os estupros. Contra ele havia mandado de prisão pedido pela 2ª Vara Criminal de Caxias por estuprar a sua enteada.

No diário, a vítima revela que o primeiro abuso ocorreu no dia 20 de dezembro de 2013. Ela escreveu que ele a estuprou três vezes. A última foi no dia 22 de abril. Segundo a polícia, após relatar os abusos, a menina escreveu, ao pé da página do diário: “(...) e de novo, e de novo, e de novo (...)”.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia