Marinha sonda prédios na Tijuca para base antiaérea

Míssil e radares podem ser instalados para dar segurança ao Maracanã na Copa

Por thiago.antunes

Rio - Uma Copa que pode ter segurança de guerra para um grupo de moradores da Tijuca. O condomínio Chateau Genoble, que tem 15 andares, foi sondado pela Marinha do Brasil para servir como base de defesa antiaérea e controle do espaço aéreo durante o Mundial. O prédio é o mais alto da região e tem uma visão privilegiada do Estádio do Maracanã.

Os moradores disseram que já foram avisados de que não haverá alteração da rotina no local e que existe a possibilidade de ser colocado um míssil que capta presença de aeronaves suspeitas. A medida, que envolve um prédio familiar, seria inédita, considerando os últimos eventos na cidade, como Jornada Mundial da Juventude, Copa das Confederações e Rio+20.

Mas o Chateau não foi o único prédio sondado pela Marinha. O DIA apurou que vários outros da região também foram considerados “interessantes” do ponto de vista estratégico. Segundo a assessoria de imprensa do Centro de Coordenação de Defesa de Aérea do Rio, serão colocados radares de monitoramento de aeronaves em alguns locais, mas não se sabe em quais ainda. Segundo o órgão, apesar de os moradores falarem em míssil, não há definição sobre o uso deles.

Base antiaérea da Marinha pode ficar na rua Deputado Soares Filho, na TijucaArte%3A O Dia

De qualquer forma, o alerta já foi dado no prédio, com um aviso aos moradores dos 90 apartamentos. Nada, no entanto, que tenha provocado algum tipo de desconforto. “Não estou com medo. Falaram que não vão alterar em nada o dia a dia. Não vamos precisar sair de casa. Acho que é um procedimento normal para controle do espaço aéreo”, afirmou a advogada Márcia Oliveira, de 38 anos.

O vigia Paulo Cesar Castro, de 60 anos, que foi visitar o apartamento de um amigo que está viajando, disse que já tinha um papel avisando sobre o procedimento e que não vê problemas no uso do prédio. A síndica foi procurada, mas não estava no condomínio. Durante os jogos no Maracanã, haverá restrição de voos no Aeroporto Santos Dumont, por ser o mais perto do estádio. O Aeroporto Internacional do Galeão funcionará normalmente.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia