Corpo do ex-governador Marcello Alencar é velado no Palácio da Cidade

Amigos e autoridades estão no local para prestarem a última homenagem ao político que morreu na terça-feira, aos 88 anos

Por paulo.gomes

Rio - Cerca de 50 pessoas, entre familiares, amigos e lideranças políticas estão no velório do ex-governador Marcello Alencar, que acontece na manhã desta quarta-feira, no Palácio da Cidade, em Botafogo, na Zona Sul. O governador Luiz Fernando Pezão, o prefeito Eduardo Paes e Sérgio Cabral já passaram pelo local.

Ex-governador Marcello Alencar é velado na Zona Sul do Rio

"Eu conheci o ex-governador como prefeito. Eu aprendi admirá-lo muito porque fomos adversários mas ele me tratava com tanta cordialidade que se transformou em uma grande amizade. Era um grande democrata, todos conhecem. A gente vê que foi um exemplo pra todo mundo que gosta da política, que se dedica a política. Marcello Alencar deixou ao estado do Rio de Janeiro um grande legado", afirmou Pezão.

Paes e Pezão no sepultamento do ex-governadorPaulo Carneiro / Agência O Dia

Já Eduardo Paes falou do legado deixado por Marcello Alencar na cidade do Rio de Janeiro.

"Estamos falando do mais carioca de todos os prefeitos. O Marcello tinha essa coisa da carioquice, da enorme paixão pelo povo, pelo jeito do carioca, pela cultura desta cidade, pelo samba, pelo surfe, pelas classes mais populares. Eu acho que o Marcello fez uma reversão no quadro do Rio. Ele pegou uma cidade sem condições, incapaz de investir, incapaz de realizar e transformou em uma cidade que voltou a investir e voltou a realizar. Esse é o grande legado desse grande homem que foi Marcello Alencar".

O vereador Cesar Maia%2C que sucedeu Marcello Alencar na prefeitura do Rio no início da década de 1990%2C esteve no velório na manhã desta quarta-feira Alessandro Costa / Agência O Dia

O deputado estadual Luiz Paulo Corrêa da Rocha lembrou que mesmo doente, Marcello Alencar exercia seu cargo de Presidente de Honra do PSDB-RJ. "Marcello deixa um legado imenso na política pela resistência a ditadura e redemocratização e na gestão pública, por tirar a cidade da falência e por saber gerir o estado. Foi-se um excelente homem público. Para o PSDB perda imensa. Mesmo com doença, era nosso conselheiro. Nos falávamos de 15 em 15 dias para falar sobre política", disse o deputado, que foi vice-governador na gestão de Marcello.

O vereador Cesar Maia lembrou da importância de Marcello Alencar no crescimento da indústria no Rio de Janeiro.

"Foram muitos anos de convívio, desde os tempos de PDT. O ciclo declinante do Rio foi revertido com intervenções na Zona Oeste, urbanização de favelas e revolução na indústria do Rio ao atrair a industria automobilística. O projeto Rio Orla foi o 'pai' do Rio Cidade. Em 1992, quando venci para a prefeitura, ele era elogiado por todos os candidatos", lembra.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia