Polícia prende terceiro acusado do assalto à casa do coronel Paulo Malhães

Rodrigo Pires é irmão do caseiro Rogério Pires e Anderson Pires Teles, que já estão presos. O militar reformado foi encontrado morto num dos cômodos do imóvel

Por paulo.gomes

Rio - Policiais da Divisão de Homicídios (DH) da Baixada Fluminense prenderam na manhã desta quarta-feira, Rodrigo Pires, o terceiro acusado do assalto, em abril deste ano, que culminou com a morte do coronel reformado do Exército, Paulo Malhães. Rodrigo foi localizado na casa de amigos, em Japeri, na Baixada Fluminense.Ele é irmão do caseiro Rogério Pires e de Anderson Pires Teles, que também participaram do crime e já estavam presos.

Malhães foi encontrado morto com sinais de asfixia, num dos cômodos de seu sítio, em Nova Iguaçu, em 25 de abril. Na ocasião, a mulher do militar e o próprio caseiro foram amarrados e separados do militar. O laudo cadavérico, segundo a polícia, informa que a causa da morte foi infarto.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia