Mulher é condenada a 9 anos de prisão por estupro em Paciência

Nora Nei cometeu o crime contra a enteada com a participação do pai da adolescente; ela foi presa na Rodoviária Novo Rio

Por leonardo.rocha

Rio - Uma mulher foi presa na Rodoviária Novo Rio, na noite desta quinta-feira, por policiais da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher da Zona Oeste (DEAM-OESTE) acusada de estupro. Nora Nei Souza dos Santos, de 31 anos, foi condenada a nove anos de reclusão pelos crimes de estupro de vulnerável e corrupção de menores, cometidos a própria enteada em 2011.

Nora Nei cometeu o crime contra a enteada com a participação do pai da adolescenteDivulgado


Na ocasião, ela teria obrigado uma adolescente a consumir drogas para depois praticar atos sexuais, tendo como comparsa o pai da menor.

De acordo com a delegada titular da unidade, Gabriela Von Beauvais da Silva, a prisão foi possível após o companheiro dela, Wanderlei Novaes dos Santos, ter sido preso nesta quarta-feira, também por agentes da Deam Oeste.

Pai da adolescente também foi preso

Na tarde de quarta-feira, policiais prenderam, no bairro Paciência, em Santa Cruz, Wanderlei Novaes dos Santos, 45 anos, acusado de estuprar a própria filha, na época com 15 anos. Contra Wanderlei foi cumprido um mandado de prisão de condenação, pelos crimes de estupro de vulnerável e corrupção de menores.

De acordo com a delegada Gabriela Von Beauvais, titular da unidade, o criminoso e sua companheira Nora Nei de Souza dos Santos, teriam praticado atos sexuais com a vítima.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia