Azia prévia

Marcado para amanhã, o jantar com Dilma Rousseff tem provocado indigestão em prefeitos do estado

Por thiago.antunes

Rio - Marcado para amanhã, o jantar com Dilma Rousseff tem provocado indigestão em prefeitos do estado. Com medo do governo federal e de caciques da política fluminense, eles não sabem o que fazer. 

Pezão e Eduardo Paes insistem na presença deles. Já o presidente do PMDB-RJ, Jorge Picciani, e o senador Francisco Dornelles (PP) têm sugerido que os prefeitos fiquem longe do encontro. O ex-governador Sérgio Cabral reforça a articulação dos dois últimos, que apoiam Aécio Neves para presidente.

Sem fotos

Prefeitos que estão com Aécio irão ver Dilma, mas tentarão evitar fotos.

Ciúmes

A nova aparição da presidenta ao lado de Pezão aumentará a ciumeira do PT. Presidente regional do partido, Washington Quaquá diz não se importar com a irritação de setores do Planalto, que reclamam da aliança entre Lindberg Farias e Romário: “Estão muito tolerantes com o Pezão e nervosinhos com a gente.”

O dono do cofre

Secretário estadual de Planejamento, Sérgio Ruy Barbosa assumirá a Secretaria de Fazenda e nomeará um de seus subsecretários para seu antigo cargo. Vai mandar muito.

Desconfiança

O Índice de Confiança do Empresário Industrial Fluminense que será divulgado pela Firjan caiu de 49,2 pontos no primeiro trimestre para 47,4 no segundo. Valores abaixo de 50 indicam pessimismo.

Sem proteção

Projeto da prefeitura ameaça acabar com parte de área de proteção em São Cristóvão para a construção de institutos de saúde ligados à Fundação Oswaldo Cruz. A proposta transforma pedaço da Zona de Conservação Ambiental em Área de Especial Interesse Funcional.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia