Quatro comerciantes de Campos são presos por furto de energia elétrica

Peritos examinaram estabelecimentos

Por thiago.antunes

Rio - Policiais da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD) realizaram, na última quinta-feira, ação de repressão ao consumo irregular de energia elétrica no município de Campos dos Goytacazes. A ação teve como resultado a prisão de quatro comerciantes, que foram liberados após pagamento de fiança.

Em um depósito de gelo na Rua Senador José Carlos Pereira Pinto, de propriedade de Daniele Da Silva Caldas, 33 anos, foi identificada uma ligação clandestina, diretamente ligada a rede da concessionária Ampla, possibilitando o consumo de energia elétrica sem o devido registro. O fornecimento regular para o estabelecimento estava interrompido em razão de inadimplência.

No Badelos Restaurante e Pizzaria, na Rua Saldanha Marinho, foi detida Ana Claudia Teixeira de Carvalho, 33. No local, os agentes constataram que duas fases do medidor de consumo de energia elétrica se encontravam desativadas, acarretando perda estimada em cerca de 2/3 do registro da energia utilizada.

Na Rua Doutor Lacerda Sobrinho, no Centro, onde funciona uma mercearia em nome de Fabio Mauricio de Melo Ruis, 52, foi constatado que as engrenagens do medidor estavam raspadas, acarretando o registro inferior ao real consumo.

Reynaldo Jacintho da Silva, 73, foi preso no restaurante e pizzaria de sua propriedade, na Rua XV de novembro. No local foi constatada uma ligação clandestina direta composta de três fases e um neutro derivada do barramento que atendia a quatro imóveis vizinhos.

Os quatro presos foram liberados mediante pagamento da fiança. Todos os locais foram examinados por peritos criminais do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE). As instalações irregulares foram desativadas por técnicos da concessionária Ampla. A operação foi determinada pelo delegado titular Alesandro Petralanda Santos e dirigida pelo delegado assistente Paulo Roberto Mendes Junior.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia