Coordenador do Afroreggae afirma que Tuchinha foi morto na Mangueira

Assessoria da CPP confirmou a morte do ex-traficante, no início da tarde desta terça. O local está isolado para a perícia

Por paulo.gomes

Rio - José Júnior, coordenador da ONG Afroreggae, afirmou em seu Twitter que o ex-traficante Francisco Testas Monteiro, o Tuchinha, foi assassinato nesta terça-feira na Mangueira. De acordo com José Júnior, Tuchinha foi morto na Rua da Prata.

De acordo com assessoria da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), por volta das 13h30, PMs da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Mangueira receberam a informação de que um homem teria sido morto na Rua da Prata, na região do Morro dos Telégrafos. Lá constataram que a vítima realmente é o ex-traficante. A área foi isolada para perícia e a Polícia Civil foi acionada.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia