Mais dois integrantes de quadrilha de estelionatários são presos na Baixada

Acusados ostentavam bens adquiridos de forma ilícita com fotos em redes sociais

Por thiago.antunes

Rio - Policiais da 52ª DP (Nova Iguaçu) prenderam, nesta quarta-feira, em Belford Roxo, com a ajuda da Divisão Anti Sequestro (DAS), mais dois integrantes de uma quadrilha acusada de estelionato, que conseguiram fugir do cerco montado pelos agentes no dia anterior. No total, a operação Barão de Mesquita capturou 16 pessoas.

Alanderson Jacinto Ramos, o Guigui, 28 anos e Wellington Fahl Santos Pacheco, 30 anos, aplicavam golpes com cartões bancários e realizavam compras com cartões de crédito emitidos em nome de terceiros, utilizando documentos falsos.

Dupla acusada de estelionato foi capturada na BaixadaDivulgação

Os presos, juntamente com outros integrantes da organização, capturados na ação, ostentavam na Internet os bens adquiridos de forma ilícita, com fotos de festas e passeios, onde posavam com joias e veículos de luxo, além de consumirem uísque, champanhe e energéticos.

Eles responderão pelos crimes de estelionato, uso de documentação falsa e organização criminosa. A dupla foi encaminhada ao Complexo Penitenciário de Bangu, onde ficarão à disposição da Justiça.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia