Dois homens são presos por tráfico de drogas em Volta Redonda, no Sul do Rio

No bairro Ilha Parque, policiais apreenderam 146 pinos de cocaína. Em Jardim Cidade do Aço, homem lucrava R$ 50 a cada R$ 150 que vendia. Eles foram levados à 93ª DP

Por tiago.frederico

Rio - Dois homens foram presos por tráfico de drogas em Volta Redonda, no Sul do Estado do Rio, neste sábado. Policiais militares do 28º BPM (Volta Redonda) encontraram com Wellington Junior Silva Oliveira, de 26 anos, 146 pinos de cocaína, 17 trouxinhas de maconha e R$ 109,00.

Após denúncia, policiais fizeram patrulhamento na Rua 3 B, no bairro Ilha Parque. Wellington foi abordado quando saia de uma casa que não era a sua. Os PMs descobriram que ele morava na residência ao lado e buscas foram feitas na casa, onde a droga foi encontrada. Ela estava escondida em uma bolsa no telhado. O homem foi conduzido à 93ª DP (Volta Redonda).

PMs do 28º BPM apreenderam 50 pinos de cocaína no bairro Jardim Cidade do Aço%2C em Volta Redonda. Jovem confessou lucrar R%24 50 a cada R%24 150 que vendiaDivulgação

No bairro Jardim Cidade do Aço, policiais militares do mesmo batalhão apreenderam 50 pinos de cocaína durante patrulhamento. Parte da droga (35 pinos) foi encontrada com Washington Gomes de Almeida Alves, de 20 anos. Os outros 15 pinos foram achados em uma matagal na região.

O rapaz foi preso e encaminhado à mesma delegacia que Wellington. Washington e outro homem sairam correndo quando viram que os PMs se aproximavam de uma escadaria na Rua Frei Henrique Soares. O outro rapaz, que não foi identificado, conseguiu fugir. Ao ser abordado, Washington confessou que estava vendendo droga naquela localidade. Segundo relatou, ele lucrava R$ 50 a cada R$ 150 que vendia.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia