Polícia prende estudante de radiologia por abusar de menor

Menino de dez anos relatou o caso após exame em uma clínica no Leblon

Por tabata.uchoa

Rio - Um estudante de Radiologia foi preso neste sábado, acusado de abusar de um menino de 10 anos. Segundo o pai da vítima, que denunciou o caso à 14ª DP (Leblon), o crime ocorreu quando seu filho foi fazer um exame na clínica de exames odontológicos onde o acusado trabalhava há seis anos, na Avenida Ataulfo de Paiva. Segundo a polícia, o rapaz confessou o abuso durante o depoimento.

O acusado foi autuado por estupro de vulnerável e a clínica foi interditada. Isso porque os policiais descobriram que ele não era técnico em Radiologia. A gerente do estabelecimento disse que sabia que o acusado não tinha diploma, mas que fazia o curso. A mulher afirmou ainda que o estudante não atendia sozinho na sala de Raio-X e que ontem foi uma exceção.

O delegado Raphael Stambowsky ainda abriu outro inquérito para apurar os crimes de estelionato e exercício ilegal da profissão. O policial alertou aos pais de pacientes da clínica para que conversem com os filhos para saber se outros casos ocorreram.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia