Colibri, que atende portadores de Down, recebe  nova alvará nesta quarta

Casa tinha sido intimada a encerrar seus serviços na segunda por possuir licença de uso incompatível com suas atividades

Por thiago.antunes

Rio - A entidade sem fins lucrativos Colibri, que assiste portadores de síndrome de Down desde 1975, recebe nesta quarta-feira seu novo alvará provisório diretamente pelas mãos do secretário municipal de Ordem Pública, Leandro Matieli. A casa tinha sido intimada a encerrar seus serviços na segunda-feira por possuir licença de uso incompatível com suas atividades.

O erro fora cometido pela própria prefeitura, em 2011, ao registrar a Colibri como uma instituição de “assistência social”, apesar de, em seu pedido de alvará, a fundadora Dalva Rodrigues ter descrito suas atividades nos tipos “ensino artístico”’, “curso de arte teatral” e “refeitório exclusivo da própria firma”. O novo alvará provisório será protocolado com as funções pedagógicas e representa o primeiro passo para o definitivo. Segundo Dalva, o secretário desarquivou o processo de transformação da casa em um imóvel não-residencial.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia