Encontro reúne especialistas para refletir a Educação no país

Papel do professor na formação humana dos estudantes será o foco do evento, que ocorrerá no Iserj

Por paloma.savedra

Rio - O Instituto Superior de Educação do Estado do Rio de Janeiro (Iserj) sediará, nesta quinta-feira, o encontro ‘Diálogo dos Saberes’, que reunirá profissionais de Educação para discutir o papel do professor na sociedade e na formação humana.

No evento, também serão apresentadas as novas práticas de ensino que buscam ampliar o diálogo entre escolas e territórios, relacionando saberes populares aos currículos escolares.

O encontro é organizado pela Casa da Arte de Educar e o Iserj, e tem patrocínio da Petrobras. Especialista na articulação entre a prática de ensino e as contribuições no conhecimento da neurociência para a educação, a professora Marta Relvas será uma das palestrantes.

"O entendimento sobre o funcionamento do cérebro dos estudantes facilita o trabalho de educadores e pode revolucionar a atuação em sala de aula", explica Marta Relvas.

O Iserj fica na Rua Maris e Barros, na Tijuca, e o evento ocorrerá entre 9h e 17h.

Educação integral ganha espaço

Os saberes comunitários e o cotidiano dos estudantes também são colocados como fundamentais no método da Casa Arte de Educar, que é reconhecida por sua atuação em educação integral no país. A Arte de Educar criou, em 2007, a Mandala dos Saberes, em 2007, metodologia que alia saberes populares ao aprendizado, tendo sido adotada pelo Ministério da Educação e disponibilizada em mais de 30 mil escolas do país.

Os resultados comprovam o sucesso do método. O índice de evasão escolar foi zero no ano de 2013. A participação familiar também é bastante ativa: 95% de pais ou responsáveis participam da educação dos filhos. Em termos de reprovação por desempenho, enquanto que a média das CRE’s da Mangueira é de 14%, a média dos estudantes a Arte de Educar é de 2% de reprovação.

Favelas pacificadas da grande Tijuca

Através de uma rede de articulação, que envolve lideranças comunitárias, ONGs, representantes de UPPs sociais, professores e educadores sociais, a Mandala dos Saberes começa a ser usada em dez favelas da grande Tijuca para ajudar a aproximar escolas das comunidades.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia