PM prende acusado de roubar taxistas na Grande Tijuca

Dois taxistas reconheceram Willian da Silva Pereira como participante de dois roubos nos últimos três dias

Por marcello.victor

Rio - Policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Morro do Borel prenderam um homem acusado de integrar uma quadrilha do Morro da Casa Branca que vem assaltando taxistas na área da Grande Tijuca, na Zona Norte do Rio. Willian da Silva Pereira foi reconhecido por um deles, mantido refém no fim da noite desta terça-feira.

Com outros três comparsas, Willian rendeu a vítima na Rua Barão de Mesquita. Ameaçado com uma garrafa quebrada, ele foi obrigado a levar a quadrilha até Rua São Miguel, na altura da Estrada da Casa Branca. Os criminosos levaram R$ 300 e o celular do motorista.

Os PMs da UPP do Borel que patrulhavam a região conseguiram interceptar Willian. Os outros suspeitos fugiram com os pertences do taxista. Na 19ªDP (Tijuca), onde o caso foi registrado, os policiais descobriram que o acusado estava em liberdade condicional, condenado pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte) em 2006.

Ainda na delegacia, a vítima desta terça-feira reconheceu Willian, segundo os PMs. Outro taxista que esteve na 19ªDP afirmou que foi vítima da mesma quadrilha na noite de segunda-feira. Ele disse que foi abordado na Rua Barão de São Francisco, em Vila Isabel, e obrigado a seguir com os bandidos para o mesmo destino. A vítima também reconheceu o preso.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia