Tiroteio interrompe funcionamento do teleférico do Alemão

Confronto entre PMs e traficantes assusta moradores e SuperVia suspendeu o serviço por cerca de uma hora

Por paloma.savedra

Rio - Um tiroteio entre policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Nova Brasília e traficantes voltou a assustar os moradores do Complexo do Alemão no final da manhã desta segunda-feira. Segundo a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), os PMs faziam um patrulhamento de rotina na localidade conhecida como Inferno Verde quando teve início do confronto. Não há informações sobre feridos.

Supervia teve que interromper, mais uma vez, o funcionamento do teleférico do Alemão por conta de tiroteio na região Fernando Souza / Agência O Dia

Por conta do intenso tiroteio entre PMs e traficantes, o teleférico do Alemão teve sua operação interrompida por mais de uma hora pela SuperVia. Na madrugada de domingo, Frank Teixeira Basílio Júnior, de 18 anos, foi baleado no tórax, no Morro da Fazendinha.

De acordo com a polícia, o jovem pediu ajuda a policiais da UPP local. Segundo os PMs, eles foram surpreendidos por traficantes quando faziam um patrulhamento na Travessa São José, na divisa com o Morro do Alemão. Um policial foi ferido de raspão.

Frank foi levado para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, com um ferimento na altura do ombro direito. Ele está internado e seu quadro de saúde é considerado estável. Já o PM foi atendido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do alemão e liberado. O caso foi registrado na 45ªDP (Penha).

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia