Jovem que estuprou mulher em ônibus é preso após novo caso de violência sexual

Roberto da Hora, hoje com 18 anos, foi levado para um presídio de Japeri após violentar um menor de 13 anos

Por O Dia

Rio - O jovem Roberto da Hora, que em 2013, quando era menor de idade, foi apreendido após estuprar e assaltar uma mulher no interior do ônibus da Linha 369 (Bangu - Carioca) é acusado de cometer nova violência sexual. Desta vez o caso aconteceu na Escola João Luiz Alves, na Ilha do Governador, onde ele cumpria medida sócio-educativa. Roberto, hoje com 18 anos, teria estuprado na última sexta-feira um outro interno, de apenas 13 anos.

Segundo o Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Novo Degase), o jovem foi levado para a 37ªDP (Ilha do Governador) e, em seguida, transferido para a Cadeia Pública Cotrim Neto, em Japeri, na Baixada Fluminense. Ele responderá pelo crime de estupro de vulnerável.

No dia 3 de maio de 2013, Roberto da Hora entrou no ônibus e na altura da Favela do Muquiço, em Guadalupe, anunciou o assalto. Após retirar pertences dos passageiros, o criminoso ordenou que todos fossem para a parte da frente do veículo e violentou a vítima. Ele foi apreendido cinco dias depois, após se entregar na 33ªDP (Realengo).

Na época, uma segundo uma das vítimas, o jovem ameaçou matar um passageiro achando que ele era policial, mesmo após revistá-lo e não encontrar identificação de polícia. A mulher contou que ele mandou que ela entregasse ao passageiro uma munição da pistola com a qual ele seria morto.

Últimas de Rio De Janeiro