Pezão quer R$ 1,5 bi da iniciativa privada para aplicar na Linha 3 do metrô

A maior parte do dinheiro virá de financiamento concedido pelo governo federal

Por O Dia

Rio - O governador Pezão quer obter na iniciativa privada o R$ 1,5 bilhão que o estado tem que aplicar na construção da Linha 3 do metrô, entre Niterói e São Gonçalo. A maior parte do dinheiro virá de financiamento concedido pelo governo federal.

A primeira alternativa é recorrer à formação de uma PPP — Parceria Público-Privada. O investimento viria de empresa que, em troca, teria direito de operar a expansão. Opção semelhante seria a venda da outorga, a licença para construção e exploração da linha.

Quitadas

Pezão reafirma que, apesar da queda de receitas gerada pela diminuição dos royalties, não há risco de grandes obras serem paralisadas. Segundo ele, a contrapartida do estado para outros investimentos já foi paga.

Réu nomeado

Réu em processo de improbidade administrativa que corre na 2ª Vara Cível de Caxias, João Carlos Grilo Carletti foi nomeado subsecretário extraordinário da Região Serrana — o cargo é ligado à Secretaria Estadual de Obras.

Os sites

No site da Riotur, está em branco o calendário de eventos de fevereiro — o mês da folia! Por lá, são anunciadas como novas notícias sobre o Carnaval de... 2014. Secretário municipal de Turismo, Antonio Pedro Figueira de Mello diz que o site indicado para os turistas é o www.rioguiaoficial.com.br — este, devidamente atualizado.

Ruas tricolores

Washington e Assis, que formavam o Casal 20 tricolor, viraram ruas em Triagem. Os dois morreram no ano passado. O mesmo decreto de Eduardo Paes dá a outros logradouros do bairro os nomes do mestre-sala Delegado, do comentarista Mauricio Torres e do árbitro Armando Marques.

Últimas de Rio De Janeiro