PM é preso na Baixada acusado de tentativa de estupro e homicídio

Christian Câmara teria atirado num casal e obrigado a mulher a cometer ato libidinoso após uma briga em Nova Iguaçu

Por paulo.gomes

Rio - O policial militar Christian Câmara Fontes, 27 anos, foi preso na última sexta-feira, acusado de tentativa de homicídio e estupro. Lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Mangueirinha, em Duque de Caxias, o PM foi identificado através de vídeos de câmeras de segurança de uma casa noturna, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, após se envolver numa confusão. Ele teria atirado num casal e obrigado a mulher cometer ato libidinoso.

Segundo a Polícia Militar, Christian foi reconhecido pelas vítimas e encaminhado para a Unidade Prisional da PM, em Benfica, na Zona Norte. Ele responderá a processo disciplinar que pode resultar na sua expulsão. O caso foi registrado na 52ªDP (Nova Iguaçu).

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia