Lapa Presente prende acusado de furto e foragido da Justiça

Agentes prenderam mais dois por exercício irregular da profissão; eles estavam cobrando para guardar carros

Por paloma.savedra

Rio - Agentes da Operação Lapa Presente prenderam um homem acusado de furto e um foragido da Justiça de Minas Gerais, na madrugada deste domingo, na Lapa. Foram presos ainda mais dois homens por exercer irregularmente a função de guardador de carros.

Segundo a polícia, os agentes flagraram Alex Azevedo Laurindo, de 36 anos, fugindo com uma bicicleta, na Praça Tirandentes. Ao ser abordado, os agentes encontraram um pequeno tablete de maconha e um papelote de cocaína. O material apreendido e o suspeito foram encaminhados à 5ª DP (Mem de Sá), onde foi feito registro da ocorrência pelo crime de furto. Alex, que já tinha outras passagens pela polícia, foi preso.

Na Rua do Riachuelo, os agentes detiveram Adilson da Cruz Marques Rosa, de 32 anos, que não portava nenhum documento de identificação. Na 5ª DP (Mem de Sá), foi constatado que havia um mandado de prisão em aberto pelo crime de roubo, na Justiça de Minas Gerais. Ele foi preso.

Já na Rua Gomes Freire, os agentes da OLP avistaram Selmir da Silva Cunha, de 45 anos, e Gerson Simões de Mello, de 49 anos, cobrando pagamento de motoristas para estacionar veículos. Os dois homens foram conduzidos à 5ª DP (Mem de Sá), onde foi descoberto que Selmir já tinha mais de 30 passagens pela polícia, por crimes de furto, receptação e roubo. Ele foi preso. A ocorrência foi registrada como exercício ilegal de função de guardador de carros.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia