Por felipe.martins

Rio - Para ganhar mais influência e respaldo na disputa pela prefeitura em 2016, o senador Romário (PSB) quer, de qualquer forma, assumir a presidência regional do partido no estado. Dirigentes nacionais da sigla se reuniram quinta, em Brasília, para decidir entre ele e o atual presidente, Glauber Braga.

Não houve consenso. Por isso, foi criada comissão, que conta com a presença do presidente nacional do partido, Carlos Siqueira, para definir um nome até o fim desta semana. “Romário teve votação maravilhosa na última eleição, mas chegou agora no partido e já quer sentar na janela”, diz um dos integrantes da comissão, plagiando frase do Baixinho.

Os colegas de Pezão

Secretário de Governo de Pezão, Paulo Melo está feliz da vida. De uns tempos para cá, passou a participar mais das reuniões do governador — antes, Melo era preterido. Já o ex-secretário de Transportes Julio Lopes até hoje não digeriu a saída da pasta.

Sem certidão

Segundo dados do IBGE, 28.731 crianças de até 10 anos não têm certidão de nascimento no estado — 53% delas estão na capital. O vereador Jefferson Moura quer debater o assunto na Câmara.

Sindicato próprio

O Sindicato dos Hotéis e Meios de Hospedagem do Rio conseguiu no Tribunal Superior do Trabalho o direito de se separar do SindRio, Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes. As duas entidades travavam uma briga na Justiça.

Você pode gostar