Prejuízo causado por explosão em prédio ainda não pode ser calculado

De acordo com a seguradora Allianz, valor para ressarcimento só poderá ser estimado depois que laudo da perícia sair

Por nicolas.satriano

Rio - Ainda não há como estimar de quanto foi o prejuízo causado pela explosão em um apartamento no Edifício Canoas, número 30 da Rua General Olímpio Mourão Filho, em São Conrado, Zona Sul do Rio, na manhã desta segunda-feira. De acordo a Allianz Seguros, seguradora do prédio, enquanto um laudo pericial não sair, não é possível determinar um valor aproximado para ressarcimento do condomínio. A empresa informou que está em contato com o síndico para tomar as medidas necessárias. 

GALERIA: Explosão em prédio destrói apartamentos em São Conrado

Enquanto um laudo pericial não sair, não é possível determinar um valor aproximado para ressarcimento do condomínio, informou a seguradoraSeverino Silva / Agência O Dia

Alemão segue em estado gravíssimo

Ferido gravemente, o quadro de saúde do alemão Markos B. Maria Muller, de 51 anos, que vivia no apartamento onde houve a explosão não se alterou. Internado no Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, Markos respira com a ajuda de aparelhos e, na tarde desta segunda-feira, passou por cirurgia de debridamento dos ferimentos.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a vítima inalou muita fumaça quente e as vias aéreas do paciente foram queimadas. Por isso o procedimento, que consiste numa "limpeza interna das feridas". O homem continua sendo monitorado e o caso é considerado extremamente delicado. Markos teve mais de 50% do corpo queimado, teve queimaduras na face, no pescoço, no tórax e no abdômen. Ele também sofreu lesões nos membros superiores e inferiores.

SAIBA:

Morador de apartamento que explodiu respira com ajuda de aparelhos em CTI

Moradores de prédio em São Conrado poderão voltar para suas casas em dois dias


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia