Justiça solta mulher que abandonou o filho de 7 anos em apartamento no Leme

Tabyta Nunes teve a prisão preventiva revogada pelo juiz por ser ré primária e ter residência fixa na cidade

Por nicolas.satriano

Rio - Tabyta Mackusla Nunes, presa no último dia 9 de junho por abandonar o próprio filho, de 7 anos, em um prédio no Leme, na Zona Sul do Rio, ganhou liberdade provisória da Justiça por falta de requisitos formais no Inquérito Policial. Entre as alegações que favoreceram a soltura da mulher, o juiz considerou ela ser ré primária e ter residência fixa na cidade.  

A mulher de 34 anos%2C que abandonou o filho de 7%2C dentro de um apartamento%2C no Leme%2C foi presa na madrugada desta terça%2C num bar. Ela será levada para um presídio femininoFabio Gonçalves / Agência O Dia

"Não há razoabilidade em se manter a custódia cautelar, que se revelaria medida mais gravosa do que aquela a ser tomada ao final do processo. Por tais razões, não subsistem elementos concretos para a manutenção da custódia cautelar da ré, razão pela qual se determina a revogação de sua prisão preventiva", afirmou o magistrado no despacho. 

Polícia prende mãe que abandonou filho de 7 anos dentro de apartamento

Menino contou à polícia que foi orientado pela mãe a não pedir socorro


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia