Motorista atropela duas pessoas em ponto de ônibus na Avenida Brasil

Acidente ocorreu no fim da noite, na altura da Vila Kennedy. Pai de condutor alega que ele foi fechado propositalmente. Uma das vítimas está em estado gravíssimo no hospital

Por marcello.victor

Rio - Duas pessoas foram atropeladas por um carro desgovernado que invadiu e destruiu um ponto de ônibus na pista sentido Centro da Avenida Brasil, na altura da Vila Kennedy, em Bangu, Zona Oeste, na noite desta quarta-feira. Elas estão internadas no Hospital Estadual Albert Schweitzer, em Realengo. Uma delas está em estado gravíssimo. O pai do motorista disse que o filho foi fechado propositalmente pelo condutor de outro veículo não identificado. Ele sofreu ferimentos leves e foi liberado.

O acidente ocorreu por volta das 22h45, a cerca de 100 metros da sede do Batalhão de Policiamento em Vias Especiais (BPVE). De acordo com João Felipe Gonçalves, pai de Symon Caio da Silva Souza, de 24 anos, motorista do Kadett GLs, placa LCH-2520, o filho contou que trafegava pela via quando teria sem querer fechado o motorista de um outro veículo.

Ponto de ônibus na Avenida Brasil onde estavam pessoas atropeladas ficou completamente destruídoOsvaldo Praddo / Agência O Dia

Irritado, o condutor teria emparelhado com o carro de Symon e o imprensado junto ao meio fio. O jovem perdeu o controle do carro, subiu a calçada, andou alguns metros, capotou várias vezes e atingiu em cheio o ponto de ônibus, que fica próximo a uma das passarelas do bairro. O carro e o abrigo ficaram completamente destruídos.

Ainda segundo João Felipe, mesmo ferido, Symon ajudou a socorrer as duas pessoas que estavam no ponto até a chegada dos bombeiros do quartel de Realengo. Elas foram identificadas como André de Oliveira Geremias, 33, e Matheus Máximo Ferreira Vitorino, 24. Eles estão internados no Albert Schweitzer. De acordo com os PMs, o estado de saúde de André é gravíssimo. No entanto, ainda não há informações oficiais sobre a situação das vítimas.

"Não sei como este garoto (Symon) está vivo. Pensei que meu filho estivesse morto. O motorista que fez isso (fechada) é um inconsequente", disse João Felipe, lamentado a situação das duas vítimas atingidas pelo veículo que estão internadas. Ele contou ainda que o filho é funcionário público e tinha deixado um ajudante em casa, já que está de mudança e com casamento marcado.

Uma perícia foi feita no local do acidente durante a madrugada. Funcionários da Comlurb trabalharam na limpeza da baia e retiraram os destroços do ponto de ônibus. O caso será registrado na 34ªDP (Bangu).

Carro que destruiu ponto de ônibus e atropelou duas pessoas na Avenida BrasilOsvaldo Praddo / Agência O Dia

Ônibus feriu pedestre na Av. Presidente Vargas

No fim da noite de terça-feira, um homem ficou gravemente ferido após ser atingido na calçada da Av. Presidente Vargas, no Centro do Rio, por um ônibus da linha 397 (Carioca - Campo Grande), da Transportes Santa Cruz.

De acordo com policiais do 4ºBPM (São Cristóvão), a motorista do ônibus contou em depoimento na 6ªDP (Cidade Nova) que trafegava na pista lateral, sentido Avenida Brasil, quando foi fechada por um táxi não identificado. Ela perdeu o controle do coletivo.

A parte traseira subiu na calçada e atingiu a vítima o veículo ficou atravessado na via em frente a entrada do Centro de Manutenção do Metrô e duas faixas tiveram que ser interditadas ao trânsito.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia