'Barqueata' pede limpeza da Baía de Guanabara

Diversas embarcações participaram de ato neste sábado

Por O Dia

Rio - Dezenas de embarcações saíram da Marina da Glória neste sábado, em protesto contra a poluição na Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro, em "Barqueata" que contou com a participação de ativistas, velejadores e pescadores. O ato realizado com barcos, canoas, veleiros, pesqueiros e botes percorreu aproximadamente 12 quilômetros, em direção a enseada do bairro da Urca.

O objetivo era chamar a atenção para a contaminação das águas quatro dias após o governo do Estado do Rio de Janeiro ter admitido que não cumprirá a meta de limpeza da Baía de Guanabara estabelecida no processo de seleção para escolher a sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

'Barqueata' partiu da Marina da Glória e pediu limpeza da Baía de GuanabaraDivulgação

"O COI foi irresponsável quando acreditou na promessa das autoridades do Rio de Janeiro. A meta de despoluir 80% sempre foi uma propaganda enganosa", disse o ecologista Sérgio Ricardo, um dos líderes do movimento Baía Viva.

Até agora, 49% das águas do local foram limpas, mas o governo fluminense não pretende mais falar em metas até meados do próximo ano. A Baía será palco das competições de vela. Candidata a participar da competição, a iatista Isabel Swan destacou que o problema da poluição é crônico do Rio de Janeiro, sendo a descontaminação fundamental para diversos municípios do estado.

"A limpeza é vital para os que praticam esportes, para que o façamos tranquilos, sem passar por lixo, mas também para garantir a saúde dos municípios localizados no entorno da Baía, para que os pescadores garantam sua alimentação", afirmou Swan.

Moradores querem que provas de Vela sejam em Búzios

Velejadores também fizeram uma barqueata em Búzios, para pedir que as provas de Vela dos Jogos Olímpicos 2016 sejam disputadas no balneário. Eles alegam que, além das águas serem limpas, a cidade tem boas condições meteorológicas para a prática do esporte. Tanto que a cidade foi escolhida pelo Comitê Organizador dos Jogos como local de treino para os velejadores que se preparam para competir nas Olimpíadas.

O brasileiro Ricardo Winick, o Bimba, ouro na vela no Pan de Toronto, mora e treina em Búzios. “Essa campanha é muito positiva, porque estamos mostrando para o Brasil e para o mundo que podemos receber grandes eventos de Vela. Eu adoraria se a competição a Vela das Olimpíadas 2016 viesse para cá”, diz Bimba.

Últimas de Rio De Janeiro