Bandidos arrombam caixas eletrônicos de agência bancária na Rocinha

Criminosos usaram maçaricos para arrombar caixas do Banco do Brasil. Equipamentos foram abandonados no local

Por adriano.araujo , adriano.araujo

Rio - Moradores da Favela da Rocinha que tentaram usar caixas eletrônicos do Banco do Brasil, na manhã desta sexta-feira, se depararam com uma cena de destruição. Pelo menos sete equipamentos foram arrombados e tiveram o dinheiro levado pelos por criminosos.

Dentro da agência, localizada no Caminho do Boiadeiro, os assaltantes abandonaram um cilindro de gás, maçarico e um pés de cabra, usados para destruir os caixas eletrônicos. Uma lona também foi deixada na porta da agência, que teria sido usada para impedir que quem passava na via da comunidade visse a ação dentro do banco durante a madrugada.

Caixas eletrônicos foram arrombados do Banco do Brasil%2C localizado dentro da Favela da RocinhaReprodução

William de Oliveira, ex-presidente da Associação de Moradores da comunidade, lamentou o ocorrido e disse que a Rocinha perde muito com o roubo, que ele acredita ser orquestrado por pessoas de fora da favela.

"A Rocinha só está perdendo, vários comércios fechando, casas e lojas estão sendo assaltadas. O morador quer uma resposta. Polícia tem demais, o que queremos é solução para os problemas. Setecentos policiais aqui dentro, acontece um assalto a caixas eletrônicos e ninguém vê?", disse.

Procurada, a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) disse que os policiais da UPP da Rocinha receberam a informação do roubo. Chegando no local, encontraram apenas o equipamentos usados para o crime e os caixas destruídos.

O caso foi registrado na 11ª DP (Rocinha). A Polícia Federal assumiu as investigações, mas ainda não deu informações sobre o crime. O Banco do Brasil informou que a agência está fechada para atendimento ao público por tempo indeterminado.

Lonas%2C que teria sido usadas para cobrir vidro da entrada do banco%2C também foram abandonadas pelos criminosos Reprodução

?Tiroteio na Favela da Rocinha deixa um morto e um ferido

?O fim da noite de quinta-feira e madrugada de sexta-feira foram de intenso tiroteio na Favela da Rocinha, em São Conrado, na Zona Sul da cidade. Durante a troca de tiros um jovem de 16 anos foi atingido na cabeça e morreu, enquanto outro foi baleado na barriga.

As vítimas chegaram a ser levadas para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, mas o adolescente, identificado somente como David, não resistiu aos ferimentos. A troca de tiros seria entre policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Rocinha e traficantes que ainda resistem na região.

Segundo o CPP, o comando da UPP negou registro de confronto envolvendo policias nesta madrugada. A Divisão de Homicídios está investigando o caso, mas ainda não deu detalhes sobre as mortes. A UPP da Rocinha foi instalada em setembro de 2012, mas confrontos entre criminosos que ainda estão na comunidade são constantes.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia