Coletivo convoca moradores de favelas para 'farofaço' na Praia de Ipanema

Ato pacífico já conta com adesão de mais de 2.700 pessoas. 'Bagulho é curtir uma praia bolada em um domingão'

Por adriano.araujo , adriano.araujo

Rio - Na contramão dos eventos organizados por 'justiceiros', que incitam através das redes sociais agressões contra menores infratores que praticam roubos na Zona Sul, um coletivo convocou moradores das favelas do Rio e da Zona Norte da cidade para um 'farofaço' na Praia de Ipanema. No lugar de paus, pedras e facas, os itens obrigatórios pedidos pelos organizadores são frango, farofa, refrigerante e muita animação.

"E pra curtir a praia numa boa, estamos pedindo que tragam suas cangas, seus bronzeadores, protetores de sol, douradores de pelos, bola de futebol, seus isopores com cerveja e guaraná pra criançada, baldinho, piscinas de plástico pras crianças e pandeiro pro pagodão no fim de tarde, e um radinho pro pancadão!!!", diz trecho da descrição do evento organizado pelo Coletivo Papo Reto, do Complexo do Alemão.

LEIA: 'Justiceiros' planejam quais armas usar contra adolescentes infratores no Rio

Evento convoca moradores de favelas da Zona Norte para irem a Praia de Ipanema neste domingoReprodução Facebook

A intenção do grupo é ocupar a praia, território livre e democrático da cidade. "O bagulho é curtir uma praia bolada em um domingão ensolarado de nossa cidade linda! Afinal, também trabalhamos e pagamos impostos! Gostamos de praia! Gostamos tanto que queremos curtir a de Ramos e a de Ipanema também! Por isso vamos nos encontrar na Praça General Osório que é onde fica o ponto final do 483, 484 e fica próximo ao 455".

O evento, marcado para domingo, já contava com mais de 2.700 confirmações de presença às 10h desta terça-feira. "Vai ter cooler cheio de latinhas da promoção do guanabara e se reclamar vai ter descoloração dos pelos com água oxigenada e amônia. O choro é livre!", disse uma jovem.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia