Por adriano.araujo
Publicado 17/11/2015 13:40 | Atualizado 17/11/2015 13:56

Rio - A Justiça do Rio concluiu a fase de audiência do sobre o caso de desvio de ingressos da Copa do Mundo de 2014, realizada no Brasil. Dois dos três réus que ainda não tinham sido ouvidos já prestaram depoimento no Juizado do Torcedor e dos Grandes Eventos. No processo, 11 réus são acusados de cambismo, desvio de ingresso para câmbio, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e organização criminosa.

Foram ouvidos nesta segunda-feira pelo juiz Marcello Rubioli em audiência de instrução e julgamento Fernanda Carrione Paulucci e Ernani Alves da Rocha Junior, conhecido como "Junior". Já Julio Soares da Costa Filho não compareceu à audiência e será intimado. De acordo com o magistrado, as últimas diligências serão realizadas e em seguida o processo entra na fase de alegações finais do Ministério Público e da defesa dos réus. Ainda não há previsão para sentença.

LEIA MAIS: Justiça aceita denúncia contra acusados de desviar ingressos da Copa

Raymond Whelan (à esquerda) foi citado em escutas telefônicas por Lamine Fofana, réu no processo, como ‘o cara da Fifa’. Acusações contra executivo da empresa Match Services foram extintasOswaldo Praddo / Agência O DIA


Você pode gostar