Tesoureiro é sequestrado e obrigado a sacar R$150 mil na Região Serrana

Criminosos abordaram funcionário do Santander e disseram para ele que sua família era mantida refém

Por tiago.frederico

Teresópolis - Um tesoureiro do banco Santander foi sequestrado e obrigado a sacar R$150 mil da agência onde trabalha, em Nova Friburgo, Região Serrana do Rio, na noite desta terça-feira. Três homens o abordaram quando ele chegava em casa, no bairro da Tijuca, em Teresópolis, e disseram que sua família era mantida refém. Os bandidos o levaram até a agência, no bairro Bonsucesso, que fica no município vizinho, e o obrigaram a sacar o valor.

O tesoureiro somente foi libertado pelos criminosos na descida da Serra de Teresópolis, no localidade de Paraíso da Serra, onde, após fazer contato com a família, descobriu que nada havia acontecido com eles. O caso foi registrado na 110ª DP (Teresópolis) e encaminhado para a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF).


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia