Mais Lidas

Nova Friburgo volta ao fechamento total 15 dias após reabertura da economia

Município entra na Bandeira Vermelha na próxima segunda-feira, só atividades essenciais serão permitidas

Por Paula Valviesse

Movimentação de pessoas nas ruas de Nova Friburgo
Movimentação de pessoas nas ruas de Nova Friburgo -
A Prefeitura de Nova Friburgo divulgou nesta sexta-feira (17/07) a atualização sobre a média semanal da taxa de ocupação dos leitos de UTI. Com 75%, o município volta ao fechamento total a partir da próxima segunda-feira (20/07), quando entra em vigor a Bandeira Vermelha. Nesta fase são permitidas apenas as atividades consideradas essenciais, todas as demais não podem continuar a funcionar.

A mudança da bandeira em vigor afeta principalmente dois segmentos, que aguardavam a data estabelecida para retornar as atividades: os hotéis e pousadas, que estavam autorizados a funcionar a partir desta sexta-feira (17/07), e as academias, que voltariam na próxima segunda-feira.

O cálculo feito para estabelecer as medidas de flexibilização leva em consideração a média semanal da taxa de ocupação de leitos de UTI nos hospitais São Lucas, Unimed, Serrano e no Hospital Municipal Raul Sertã, unidade referência no tratamento de pacientes de Covid-19 no município.

A métrica que determinou o retorno ao fechamento total foi resultado das taxas de ocupação entre os dias 11 e 17, dividido por sete, que resultou na média de 75%. Conforme procedimento adotado pelo município, na próxima sexta-feira (24/07) será feita uma nova avaliação dos índices para determinar a bandeira em vigor.

Indústrias

Na Bandeira Vermelha as indústrias estão permitidas a manter o funcionamento com 50% da capacidade de produção.

Comércio e Serviços

Os estabelecimentos não podem ser abertos para atendimento direto ao público, sendo permitido apenas o funcionamento por sistema de entrega ou retirada. O setor de Serviços, com exceção dos considerados essenciais, e os bares não podem funcionar nesta fase.

Instituições religiosas

As instituições religiosas, que estão permitidas a realizar cultos e missas presenciais desde a última segunda-feira (13/07), também voltar a ser fechadas.

Shoppings

As atividades nos shoppings estão suspensas, não podendo os estabelecimentos abrir enquanto vigorar a Bandeira Vermelha.

Hotéis e pousadas

As hospedagens voltam a fechar as portas a partir da próxima segunda-feira. Nesta fase estão permitidos apenas hóspedes que atuem como funcionários e/ou prestadores dos serviços essenciais.
A circulação de turistas em áreas de visitação coletiva também volta ser proibida. O mesmo vale para os parques e equipamentos turísticos da cidade.

Academias

Como as academias, estúdios e centros de atividades físicas e esportivas só podem funcionar quando o município estiver nas fases Amarela e Verde, fica suspenso o retorno das atividades, previsto para acontecer no dia 20.

Comentários