897 cadeiras arrumadas na Praça Dermeval Barbosa Moreira representam o número de empresas fomais no município
897 cadeiras arrumadas na Praça Dermeval Barbosa Moreira representam o número de empresas fomais no municípioNa rede com Scheila
Por O Dia
Empresários do setor de moda íntima de Nova Friburgo promoveram uma manifestação nesta terça-feira (20/04), na Praça Dermeval Barbosa Moreira, em frente ao Centro de Turismo, no Centro. O ato foi simbólico e silencioso, com a colocação de 897 cadeiras, representando as empresas formais do setor, nas quais foi colocada uma placa com o número de empregos diretos gerados por cada uma.
O ato “Costurando Esperança”, foi organizado como forma de chamar a atenção do Poder Público para as dificuldades enfrentadas pelo setor, especialmente com o sistema de rodízio de CNPJ adotado pelo município durante o período da Bandeira Roxa. Segundo o setor, de março de 2020 até o momento, os empresários já conseguem contabilizar uma queda nas vendas à distância em torno de 40% a 50% e mais de 80% em vendas presenciais.
Publicidade
Mensagens nas cadeiras mostram quantos empregos diretos são gerados por cada empresa - Na rede com Scheila
Mensagens nas cadeiras mostram quantos empregos diretos são gerados por cada empresaNa rede com Scheila
O setor que gera em torno de 20 mil empregos diretos e 18 mil indiretos, sugere ao Executivo que as empresas voltem a funcionar de acordo com a capacidade de funcionários por metro quadrado e não por número de funcionários ou rodízio de CNPJ, pois muitas delas estão localizadas em galpões amplos, que não comprometem a saúde dos seus colaboradores, que têm importância capital, pois sem eles não haverá mão de obra para produzir as peças já conhecidas nacionalmente.
Você pode gostar
Comentários