Canal para denúncia de estabelecimentos que não sigam decreto de fechamento

A Prefeitura colocou à disposição um número de telefone, um número de WhatsApp e um e-mail

Por O Dia

A população poderá ligar e denunciar comerciantes que teimarem em abrir suas lojas
A população poderá ligar e denunciar comerciantes que teimarem em abrir suas lojas -
Nova Iguaçu - A Prefeitura da cidade criou serviço para que a população possa comunicar estabelecimentos que não estejam cumprindo o decreto municipal de não funcionamento do comércio até o dia 30 de março. Essa medida, que teve início no último sábado, dia 21, tem como objetivo intensificar a prevenção e o enfrentamento da pandemia do coronavírus(Covid-19) na cidade.
Somente estão autorizados a funcionar farmácias, clínicas, laboratórios, supermercados, mercearias, açougues, postos de combustíveis e padarias sem lanchonetes, assim como serviços de delivery pelos estabelecimentos e entregas por aplicativos. A denúncia de quem descumpre  a determinação pode ser feita pelo telefone (21) 2666-0175, pelo número (21) 99139-1338 do WhatsApp ou pelo e-mail denuncia@semseg.com.br.

Após receber a comunicação de um estabelecimento descumprindo o decreto, uma equipe da Ordem Pública da Secretaria Municipal de Segurança Pública vai ao local e, em um trabalho de conscientização, orienta o comerciante a fechar. Caso o comerciante se recuse ou seja reincidente, ele pode ter o funcionamento da atividade embargada ou a cassação do alvará, como determina o decreto e o código de postura.

Pelo número de telefone, do WhatsApp ou pelo e-mail  também é possível comunicar à Prefeitura sobre aglomerações e outras situações que possam trazer riscos à população.

Outras medidas tomadas pela tomada pela Prefeitura no combate ao coronavírus (Covid-19):

- Situação de emergência decretada até 30 de março

- Escolas e creches fechadas neste período

- Hospital Geral de Nova Iguaçu e Maternidade Municipal Mariana Bulhões: visita ao paciente restrita a uma pessoa por dia

- Suspensão de cirurgias eletivas;

- Redução de 50% da capacidade de lotação dos ônibus.

- Proibição da circulação de ônibus de turismo no município.

- Prova de vida dos servidores inativos da Prefeitura de Nova Iguaçu suspensa por 15 dias, assim como todo atendimento do Instituto de Previdência de Nova Iguaçu (Previni);

- Concursos da Guarda Municipal e seleção de estagiários Procuradoria Geral do Município adiados;

- Programas, projetos, atividades e capacitações oferecidas Prefeitura de Nova Iguaçu suspensas;

- Equipamentos públicos como a Casa de Cultura, Vila Olímpica e o Centro Olímpico fechados.

Comentários