Nova Iguaçu intensifica ações de fiscalização no acesso ao Calçadão

População precisa ficar atenta aos bloqueios

Por O Dia

Prefeitura de Nova Iguaçu intensifica ações de fiscalização no acesso ao Calçadão
Prefeitura de Nova Iguaçu intensifica ações de fiscalização no acesso ao Calçadão -
Nova Iguaçu - No segundo dia de restrição parcial ao Calçadão, a Prefeitura de Nova Iguaçu fez algumas alterações quanto ao acesso às ruas. As 13 barreiras sanitárias montadas com grades continuam funcionando, com o controle de acesso feito por agentes da Ordem Pública da Secretaria de Segurança Pública, com apoio da Guarda Ambiental, Segurança Presente e Polícia Militar, mas apenas quatro estão permitindo a entrada e saída ao principal polo comercial do município. Todos os demais pontos de bloqueios não permitem. As ruas de acesso ao Calçadão permanecem fechadas para o trânsito.

As quatro barreiras sanitárias que têm acesso de entrada e saída de pessoas são as seguintes:
– Avenida Governador Amaral Peixoto com Rua Doutor Barros Júnior;
– Avenida Governador Portela com Rua Coronel Francisco Soares;
– Avenida Nilo Peçanha com Avenida Marechal Floriano Peixoto;
– Avenida Nilo Peçanha com Via Light.
Prefeitura de Nova Iguaçu intensifica ações de fiscalização no acesso ao Calçadão - Divulgação
“Tivemos um aumento no controle da rigorosidade na cobrança de documentações que comprovem o acesso a algum tipo de comércio que está permitido funcionar. Isso facilitou, por exemplo, que as agências bancárias pudessem organizar melhor suas filas”, afirma o secretário de Segurança Pública de Nova Iguaçu, Igor Porto. “Os bancos que já foram notificados por não respeitarem as medidas contra aglomeração, poderão receber multa de até R$10 mil por dia se não se ajustarem”.

O objetivo da ação nas imediações de um dos principais pontos de movimentação do Centro do município, que acontecerá inicialmente até o dia 20 de maio, de segunda-feira a sábado, entre 5h30 às 18h, é diminuir o fluxo de pessoas no local e conscientizá-las para que elas só circulem no local em busca de serviços essenciais. A população também pode ajudar o poder público denunciando lugares irregulares pelo Disk Aglomeração, no número de WhatsApp (21) 99139-1338, pelo telefone (21) 2666-0175 ou e-mail: denuncia@semseg.com.br.

Sobre o decreto presidencial publicado no último dia 11, que incluiu academias, salões de beleza e barbeiros como serviços essenciais durante a pandemia, o prefeito Rogerio Lisboa optou em não permitir o funcionamento desses estabelecimentos em Nova Iguaçu.

“Decidimos manter o fechamento das academias, barbearias e dos salões de beleza porque o nível de contaminação nessa região da Baixada Fluminense continua muito alto”, afirma o prefeito de Nova Iguaçu, Rogerio Lisboa.

Galeria de Fotos

Prefeitura de Nova Iguaçu intensifica ações de fiscalização no acesso ao Calçadão Divulgação
Prefeitura de Nova Iguaçu intensifica ações de fiscalização no acesso ao Calçadão Divulgação

Comentários