Com mais de 70% do estoque reduzido, Hospital Geral de Nova Iguaçu pede doações de sangue

"Quero fazer um apelo para sensibilizar a população sobre a necessidade de doar sangue", diz diretor da unidade médica

Por O Dia

Quem puder realizar a doação deve agendar pelo telefone (24) 3343-2994, de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h
Quem puder realizar a doação deve agendar pelo telefone (24) 3343-2994, de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h -
Diante da redução no estoque de sangue devido à pandemia do coronavírus, o Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI) pede à população que ajude com doações. O banco de sangue do HGNI, uma das principais emergências da Baixada Fluminense, coletou em maio cerca de 160 bolsas, cerca de 75% a menos que o ideal, que são 600 doações mensais. Nos 10 primeiros dias de junho, foram 36 doadores.

Para garantir segurança na doação e evitar aglomeração, o HGNI agenda a doação através do telefone e whatsapp (21) 97663-9352, de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h. A doação acontece das 7h30 às 12h30. O banco de sangue do HGNI tomou cuidados necessários para garantir que a coleta seja feita de forma segura, orientando os doadores a higienizar as mãos ao chegar, antes e após a doação. As salas de triagem, de coleta, copa e recepção são higienizadas regularmente durante o dia.

“Quero agradecer a todas as pessoas que doam sangue no hospital, o papel de vocês é fundamental, e quero fazer um apelo para sensibilizar a população sobre a necessidade de doar sangue. Estamos com mais de 70% do estoque reduzido. Isso traz um risco grande, pois o hospital recebe baleados, atropelados e esfaqueados, que precisam de sangue em muitas das vezes por causa das cirurgias”, afirma o diretor-geral do HGNI, Joé Sestello, que garantiu que a doação é segura. “Estamos tomando todos os cuidados necessários para evitar contaminação em função da pandemia. Por isso, agende sua doação e nos ajude a salvar vidas”.

Quem pode doar

– Pessoas entre 16 e 69 anos que estejam bem de saúde e pesem mais de 50 quilos;
– Não é necessário estar em jejum;
– Não pode doar quem ingeriu alimentos gordurosos nas últimas quatro horas ou bebidas alcoólicas no dia anterior;
– Vacinados contra o sarampo devem aguardar no mínimo 30 dias;
– Casos suspeitos de covid-19 devem aguardar 30 dias e confirmados 90 dias, a partir da recuperação total do quadro clínico;
– Mulheres que estejam amamentando só podem doar após 6 meses;
– Quem tem tatuagem só pode doar após um ano;
– Gestantes não podem doar;
– Menores de idade de 16 e 17 anos podem, mas precisam da autorização dos pais ou responsáveis. O modelo de declaração está disponível no site do Hemorio: (http://www.hemorio.rj.gov.br/html/pdf/menor_idade.pdf).

Comentários