Com o BRT fora de circulação, Marisa Coelho de Melo, cadeirante e caixa de supermercado, teve que ir pela via do expresso até o trabalho - Daniel Castelo Branco
Com o BRT fora de circulação, Marisa Coelho de Melo, cadeirante e caixa de supermercado, teve que ir pela via do expresso até o trabalhoDaniel Castelo Branco
Por

Você pode gostar
Comentários