Por adriano.araujo, adriano.araujo
Mais de 24 horas depois do temporal que atingiu o Rio, os bairros de Jacarepaguá, Campo Grande e Tijuca, no município do Rio, ainda permanecem com alguns trechos sem luz nesta terça-feira. Na Baixada Fluminense, o bairro Marapicu, em Nova Iguaçu, também sofre com a falta de energia.

A forte chuva acompanhada de ventos desta segunda-feira ocasionou a queda de árvores inteiras e galhos sobre a rede elétrica, além de queda de postes e danificação de cabos. De acordo com a empresa, técnicos continuam trabalhando nestas localidades para restabelecer totalmente a energia o mais rápido possível. A Light aumentou o número de equipes de emergência realizando serviços nos locais com ocorrências.

Árvore caiu na Praia de Botafogo e complicou o trânsitoSeverino Silva / Agência O Dia

Houve registro de queda de aproximadamente 100 árvores de grande porte na cidade, segundo a Comlurb, e rajadas de vento de até 93km/h, de acordo com o Alerta Rio.

Motorista morre após árvore atingir van no Centro
Publicidade
O motorista Ronaldo Gonçalves Fontinhas, de 37 anos, que estava dentro da van atingida por uma árvore na Avenida Marechal Floriano, no Centro do Rio, morreu vítima de politraumatismo no Hospital Municipal Souza Aguiar.
As informações são da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Ele foi socorrido pelos bombeiros com fraturas na bacia e no fêmur e passava por cirurgia na unidade, mas não resistiu aos ferimentos.
Árvore atinge van e mata motorista no CentroAlessandro Costa / Agência O Dia

Ronaldo tinha trabalhava há sete anos na Cooperativa Coperopção e fazia fretamento para turistas. Segundo colegas da empresa, ele tinha acabado de desembarcar turistas no momento da tragédia. Muito abalado, o irmão foi às lágrimas. "Você não tem noção de como a gente está. Não tinha cara mais irmão do que ele. Todos gostavam dele. O telefone não para de tocar", disse Roberto Pontinhas, de 44 anos.

Publicidade
O sogro da vítima, Nilton Rodrigues do Nascimento, de 70 anos, que é motorista, disse que Roberto vai fazer falta, pois era uma pessoa muito brincalhona. "Até em mim ele encarnava", afirmou.
Ronaldo tinha dois filhos, um de 8 anos e outro de 9 meses. A família já estava organizando o aniversário de 10 meses da criança. "Fazer o que né? A gente estava preparando a festa do meu neto e aconteceu isso. Foi uma fatalidade. Ele vai fazer muita falta". Um amigo de Ronaldo, que não se identificou, disse que muitos passageiros estão ligando para saber informações do caso.