Por bianca.lobianco

Rio - A CCR Ponte, concessionária responsável pela Ponte Rio-Niterói, vai reforçar os socorros médicos e mecânicos para uma possível manifestação no local. A concessionária também irá aumentar o número de operadores da ouvidoria para auxiliar os usuários.

Já a Polícia Rodoviária Federal informou que já reforçou o policiamento, mas o esquema foi montado há 15 dias por conta da Copa das Confederações. A PRF acrescenta que não pretende aumentar o efetivo além do que já está previsto. 

Os manifestantes que lutam contra o aumento da passagem no transporte coletivo, entre outras demandas, planejam, pela Internet, fechar os acessos à Ponte a partir das 15h desta quarta-feira. 


Você pode gostar