Motoristas de van fazem protesto no Centro

Grupo é contra a proibição do transporte alternativo em determinadas áreas da cidade

Por cadu.bruno

Rio - Motoristas de vans realizam manifestação na manhã desta sexta-feira no Centro do Rio. Eles protestam contra a proibição do transporte alternativo em determinadas áreas da cidade. A decisão foi decretada pelo prefeito Eduardo Paes. 

Cerca de 500 pessoas, segundo a Polícia Militar, deixaram a Candelária por volta das 10h30 e seguem a pé em direção a Prefeitura, pela pista central da Avenida Presidente Vargas, que está interditada ao tráfego, no sentido Praça da Bandeira. Quem passa pela região encontra congestionamento ao longo da via. O tráfego foi desviado pela pista lateral.

Motoristas de van fazem protesto na CandeláriaSeverino Silva / Agência O Dia

Ainda na manhã desta sexta, cerca de 200 manifestantes de diversos hospitais da Santa Casa protestam  na portaria do Hospital Geral da Santa Casa da Misericórdia, no Centro. Eles reivindicam o pagamento dos salários atrasados.

“Queremos as 3.502 vagas e a participação do motorista auxiliar. Ele exerce o mesmo trabalho que o permissionário e não pode ser tratado de forma diferente, como tem sido nas últimas licitações. Pedimos também um assento na comissão criada pelo governo para tratar assuntos relacionados ao transporte urbano. Tem gente da Rio Ônibus, da Fetranspor, da SuperVia, metrô e barcas, mas ninguém do transporte alternativo. Foram 30 mil empregos diretos perdidos e não vamos aceitar essa condição. Vamos parar a cidade e vamos levar essa manifestação para porta do Rock in Rio para o mundo todo saber sobre a covardia que estamos sofrendo”, disse o motorista Hélio Souza, de 42 anos.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia