Duas vítimas atingidas por ônibus em Brás de Pina estão em estado grave

Uma senhora e um homem, ainda não identificados, estavam na calçada. Ônibus estava em alta velocidade e fora da rota

Por adriano.araujo , adriano.araujo

Rio - Duas pessoas, atingidas por ônibus que invadiu a calçada após colidir contra outro coletivo na Rua Guaíba, em Brás de Pina, na Zona Norte, estão em estado grave. Uma senhora e um homem, ainda não identificados, deram entrada nos hospitais Albert Schweitzer e Getúlio Vargas, nos bairros da Penha e Realengo, respectivamente. Outras 33 pessoas ficaram feridas.

De acordo com policiais do 16º BPM, o homem atingido pelo ônibus passava com uma carroça pela calçada. As outras vítimas foram encaminhadas para os hospitais estaduais Getúlio Vargas, na Penha, Albert Schweitzer, em Realengo, e Carlos Chagas, em Marechal Hermes. As unidades de saúde divulgaram os estados de saúde dos feridos.

Hospital Estadual Carlos Chagas: quatro pacientes
- Mulher, 39 anos: fez exames, encontra-se estável.
- Mulher, 67 anos: fez exames e permanece em observação. Apresenta estado de saúde estável.
- Mulher, 39 anos: foi atendida, medicada e já recebeu alta.
- Mulher, 39: foi atendida, medicada e já recebeu alta.

Hospital Estadual Albert Schweitzer: 05 pacientes
- Mulher, 62 anos: foi avaliada, medicada e segue em observação.
- Mulher, 53 anos: foi atendida, medicada e já recebeu alta.
- Mulher, 34 anos: permanece internada em observação.
- Homem, 44 anos: permanece internado em observação.
- Mulher, 32 anos: foi atendida, medicada e já recebeu alta.

Hospital Estadual Getúlio Vargas: 26 pacientes
- Dos 26 pacientes atendidos, 24 foram avaliados, medicados e já receberam alta. Dois permanecem internados na unidade:
- Homem, 30 anos: apresenta traumatismo craniano e está em estado grave.
- Mulher, 31 anos: está em observação.

Colisão entre dois ônibus deixa 33 pessoas feridas%2C uma em estado grave%2C em Brás de PinaFabio Gonçalves / Agência O Dia

Após perícia, foi constatado que o ônibus da linha 551 (Penha/Nova Iguaçu) estava em alta velocidade, a 80 km/h. De acordo com testemunhas, o ônibus estava fora de rota e atravessou Rua Guaporé e passou por um sinal, que estava com defeito e apagado, acertou em cheio o coletivo da linha 485 (Caxias/Pilares). Os dois ônibus estavam com muitos passageiros no momento do acidente.

Os motoristas dos dois ônibus prestam depoimento na 38ª DP (Brás de Pina). O condutor da linha 551, José Roberto Rocha Souza, cortava caminho para fugir de engarrafamentos. Após o acidente, ele foi atendido de crise hipertensiva e levado para a 38ª DP (Brás de Pina). De acordo com a polícia, ele seria indiciado por lesão corporal dolosa.

Sinal apagado há meses

Os moradores relataram que o sinal apagado no cruzamento das duas ruas estava apagado há pelo menos três meses, quando foi feita uma reclamação junto à Prefeitura.

Logo depois do acidente, equipes da CET-Rio consertaram o sinal e um quebra mola foi colocado no local por oerarários da Secretaria de Conservação. O acidente causa retenção, já que a via está interditada. O desvio é realizado pela Rua Irapuá. A CET-Rio orienta o tráfego no trecho.

Um dos ônibus invadiu a calçada e atropelou pedestreFabio Gonçalves / Agência O Dia

Três feridos em acidente em Cordovil

Três pessoas ficaram feridas em um acidente envolvendo três carros e um ônibus na Estrada do Porto Velho, na altura da Rua Meengaba, em Cordovil, na Zona Norte. A via está interditada nos dois sentidos.

Bombeiros do Quartel de Parada de Lucas atenderam a ocorrência e socorreram Tatiana M. Leal, de 36 anos, Ornelinda A. Silva, de 78 anos, e Carlos H. Coly, de 49 anos. As vítimas foram levadas para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha. Não há informações sobre o estado de saúde delas.

De acordo com o Centro de Operações da Prefeitura, um desvio é realizado pela própria Rua Meengaba. O trânsito apresenta retenções ao longo da via e a CET-Rio orienta quem passa pelo local.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia