Por adriano.araujo

Rio - Subiu para 42 o número de feridos no acidente envolvendo três ônibus e um carro na Ponte Rio-Niterói. A rodovia, que estava interditada desde às 6h20 na saída para a Rodoviária Novo Rio, foi liberada às 8h30, mais de duas horas depois. O trânsito ficou congestionado e motoristas enfrentaram até 50 minutos de travessia.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, 29 pessoas foram removidas pelo quartel de São Cristóvão, enquanto 13 foram atendidas pelo socorro da CCR Ponte. Todas as vítimas, 39 com ferimentos leves e três com moderados, foram levadas para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro do Rio.

>>> GALERIA: Veja fotos do acidente na saída da Ponte

Colisão entre três ônibus e um carro deixa mais de 40 feridosSeverino Silva / Agência O Dia

Os motoristas que seguiam em direção ao Rio encontraram trânsito lento em toda a extensão e nos acessos de Niterói. O tempo de travessia chegou a 50 minutos. As saídas para o Viaduto do Gasômetro, sentido Centro, e Avenida Brasil, sentido Zona Oeste, não foram afetadas pelo acidente.

Com acidente, barcas tem aumento de 17% no número de passageiros

Por causa do acidente - entre três ônibus e um carro que interditou a saída da Ponte Rio-Niterói para a Avenida Rodrigues Alves, acesso à Rodoviária -, as barcas registraram um aumento de 17% no número de passageiros, se comparado com o mesmo período das sextas-feiras. No total, 43 mil usuários foram transportados, informou a CRR Barcas.

A situação se agravou, pois duas embarcações da frota apresentaram problemas nesta manhã e precisaram entrar em manutenção. Uma das embarcações já voltou a operar. A outra permanece em manutenção.

Barcas registrou aumento de 17% no volume de passageiros após acidente na saída da PonteCarlos Eduardo Cardoso / Agência O Dia

Internautas reclamaram dos atrasos e das filas nas redes sociais. O seguidor do perfil no Twitter O DIA 24 HORAS, Giovanni dos Anjos (@_2Anjos) relatou "barcas operando sem horário extra, filas no meio dos carros da pista."

Devido as filas, também houve confusão dentro de uma embarcação, informou a leitora Jaqueline Rodrigues. De acordo com ela, o tumulto começou porque os passageiros reclamavam da velocidade morosa da embarcação. "As pessoas ficaram revoltadas com a lentidão da barca e começaram a batucar as paredes e o chão. Já não basta a fila que enfrentamos, ainda temos que pegar uma barca devagar. Assim não dá!", disse. 

Estação Arariboia, em Niterói, lotada após acidente na saída da PonteSeguidor @nando_oonline

A concessionária admitiu que "a movimentação de passageiros na Praça Arariboia permaneceu intensa e que houve filas de acesso à estação". Porém, alega que "os intervalos das viagens mantiveram-se regulares, com saídas de 10 minutos em 10 minutos, no trajeto Niterói-Rio".



Você pode gostar