Mais Lidas

Municípios do Noroeste e Norte Fluminense entram em estágio de Vigilância

Bom Jardim, na região central do Estado, pode ter chuva fraca nas próximas horas. Em Búzios, na Região dos Lagos, ruas ficaram alagadas após temporal

Por karilayn.areias

Rio - Os municípios de Santo Antônio de Pádua, Porciúncula, Italva, Cardoso Moreira, Itaperuna, Laje do Muriaé e Campos, localizados no Noroeste e Norte Fluminense, entraram em Estado de Vigilância às 8h desta quarta-feira, segundo informou o Sistema de Alerta de Cheias do Inea.

A cidade de Bom Jardim, localizada na região central do Estado, retornou para o estágio de Vigilância. Os níveis dos rios estão normalizados e a previsão é de ausência de chuva ou chuva fraca para as próximas horas.

Temporal alaga ruas em Búzios

Uma forte chuva que durou cerca de três horas atingiu o município de Armação de Búzios, na Região dos Lagos, e alagou várias ruas da cidade, na madrugada desta quarta-feira. Pelo menos sete pessoas estão desalojadas. Elas estão abrigadas no quartel dos bombeiros da cidade. Não há informações sobre vítimas.

De acordo com o subtente Alex, do quartel de Búzios, o temporal forte e intenso atingiu o município entre 3h e 6h. Seis bairros foram mais atingidos, entre eles Ferradura, Ferradurinha, Alto Campinho e Manguinhos, onde o muro de uma casa desabou, na Rua das Flores, em decorrência da enxurrada. Várias casas foram invadidas pela água e dezenas de ruas ficaram alagadas. Ninguém ficou ferido.

Ainda segundo o subtenente, os bombeiros usaram botes para resgatar moradores que tiveram as casas alagadas. A Avenida José Bento Ribeiro Dantas, onde fica a Prefeitura de Búzios, ficou embaixo d´água. Conforme o oficial, a água já está escoando. Um levantamento ainda será feito para avaliar a situação da cidade.

Bombeiros do quartel de Cabo Frio também atuaram em Búzios. Segundo a unidade, outras áreas bastante atingidas foram Tucuns, Sem Braças, Vila Caranga, Vila Rasa e Arpoador da Rasa. Os militares ainda estão atuando e auxiliando no levantamento da situação no município vizinho.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia