Motoristas enfrentam congestionamento entre São Gonçalo e Itaboraí

Obra e excesso de veículos complicou trânsito na BR-101, em direção ao Espirito Santo, na manhã desta quarta-feira

Por paulo.gomes

Rio - Motoristas enfrentaram um congestionamento ao longo da BR-101, desde o início da manhã desta quarta-feira, no trecho entre São Gonçalo e Itaboraí, na Região Metropolitana do Rio, no sentido Espirito Santo da rodovia. Por volta das 10h40, segundo boletim divulgado pela concessionária, o motorista encontrava 14 quilômetros de retenção, do km 309 ao km 295, naquele trecho.

De acordo com Eduardo Magalhães (@du_magalhaes), seguidor de O DIA 24 Horas (@odia24horas) no Twitter, o tráfego estava parado desde o Centro de Manilha, distrito de Itaboraí, até o bairro Jardim Catarina, em São Gonçalo.

Um dos motivos é uma obra de fresagem e recomposição do pavimento,realizada pela Autopista Fluminense, no km 295, em Itaboraí. No local, de acordo com a Autopista, a faixa da direita da rodovia ficou interditada, das 7h às 10h40. O tráfego seguia pela pela faixa da esquerda.

Uma faixa reversível chegou a ser montada na pista sentido Niterói, onde o tráfego de veículos foi invertido para o sentido Espirito Santo, para tentar desafogar o fluxo no trecho. A concessionária também alegou que o excesso de veículos vindos das rodovias BR-493 (Manilha-Magé) e RJ-104 (Niterói-Manilha) ajudou a causar o congestionamento no trecho.

Ainda neste sentido, a concessionária realiza outras obras na manhã de hoje. Para alargamento de uma ponte no km 38, em Campos dos Goytacazes, o tráfego segue em Pare e Siga. Devido a obras de microrrevestimento, no Km 106, no mesmo município, a faixa da esquerda está bloqueada. O fluxo de veículos segue pela faixa da direita.

Em Carapebus, para obras de recuperação do pavimento no Km 136, a faixa da direita está bloqueada e o trânsito segue pela faixa da esquerda. Também há interdição da faixa da direita no km 142,2, no mesmo município, para obras de reparo profundo. Lá, o tráfego segue pela faixa da esquerda.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia