Empresa de ônibus é multada após protesto que fechou via e BRT

Transcarioca recebe multa de R$ 1.300 por redução da linha 736 (Cascadura-Riocentro). Ela é uma das reclamadas pelos manifestantes

Por adriano.araujo , adriano.araujo

Rio - Após o protesto que fechou a Avenida das Américas e interrompeu o  BRT Transoeste por mais de três horas na manhã desta terça-feira, o consórcio Transcarioca foi multado em R$ 1.300 pela redução da linha 736 (Cascadura-Riocentro). De acordo com a Secretaria Municipal de Transportes, ela é uma das linhas que motivou hoje a manifestação.

Ainda segundo a secretaria, caso a situação não seja regularizada, o consórcio será autuado diariamente pelo mesmo valor. Em breve, a linha será substituída pela alimentadora 931A (Curicica – Recreio, via Arroio Pavuna), com integração na Estação Praça do Bandolim, do BRT Transcarioca. A mudança faz parte do processo de implantação do BRT Transcarioca, que está na segunda etapa.

Três pessoas são detidas durante protesto na Avenida das Américas

Três pessoas acabaram sendo detidas por policiais do 31ºBPM (Recreio) durante o protesto que parou a Avenida das Américas por mais de três horas na manhã desta terça-feira. Durante a manifestação que reuniu cerca de 100 pessoas e aconteceu na altura da estação do BRT Salvador Allende, agentes do Batalhão de Choque e Guardas municipais soltaram bombas de efeito moral para tentarem liberar a via. Os detidos foram encaminhados para a 42ªDP (Recreio).

GALERIA: Protesto fecha Avenida das Américas e para BRT

Protesto fecha Avenida das Américas e interrompe BRT Transoeste. Seis pessoas foram detidasFoto%3A Severino Silva / Agência O Dia


O protesto, que começou por volta das 6h30, deixou a Avenida das Américas fechada até às 9h50. O trânsito na região deu um nó e de acordo com o consórcio, cerca de 70 ônibus ficaram parados e 13 mil passageiros foram afetados diretamente pela paralisação do serviço. Muita gente que saiu de casa pela manhã não conseguiu chegar ao trabalho.

A manifestação, que começou com cerca de 50 pessoas e aumentou durante a manhã, deixou vários veículos parados em direção a Barra da Tijuca, causando um enorme congestionamento. O protesto seria de pessoas revoltadas com a falta de linhas de ônibus que fazem o trajeto Recreio-Jacarepaguá, além de outras duas linhas.

CET Rio, Guarda Municipal e PM estiveram no local para tentar auxiliar o trânsito e garantir que a via não fosse fechada novamente. A Avenida Lúcio Costa, orla da Zona Oeste, apesar de apresentar forte lentidão, era uma opção para os motoristas. A faixa reversível via, que funcionaria até as 8h30 no sentido São Conrado, teve o seu horário ampliado até as 11h.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia